RaySenseLeakDetection

Sistema de proteção de tubulação RaySense

 

Um único sistema de segurança de tubulação protege até 50 km por APU contra interferências de terceiros (TPI), vazamentos, tentativas ilegais de extração e escavação não autorizada.

 

  • Multifuncional - A mesma unidade e cabo protegem contra vazamentos, TPI e escavação
  • O primeiro sensor ultrassônico distribuído (DVS) de localização do mundo
  • Até 50 km / 31 milhas por processamento - sem limite na rede.
  • Localize um evento TPI, tocando ou vazando com resolução de ± 10M / ± 30 pés em todo o comprimento.
  • Detecção baseada em assinatura - Detecção de frequência de ampla faixa, 3Hz a 500 kHz
  • Nenhuma eletrônica ou energia necessária em campo.
  • Controle remoto e monitoramento baseados em IP com integração de terceiros.

Com os recursos de monitoramento de fibra óptica longa, o RaySense oferece cobertura de perímetro 100% para aplicações de longo alcance sem espaços entre os sensores, o cabo é o sensor.

 

A capacidade de detecção de vazamento de tubulação é baseada na acústica que permite que o cabo seja detectado sem nenhum movimento físico do cabo, ele pode ser enterrado em qualquer tipo de solo ou solo e detectar até uma retenção de 0,5 mm em um tubo de alta pressão.

 

O Sistema de Proteção de Tubulação do Sensor de Vibração Distribuída (DVS) é eficaz na prevenção de derramamentos de óleo e / ou explosões de gás devido à sua capacidade exclusiva de detectar, localizar e classificar vibrações causadas por atividade física (como interferência de terceiros - TPI), enquanto simultaneamente monitoramento de vazamentos em estágio inicial, em todo o comprimento do oleoduto em tempo real. Também é capaz de detectar e localizar precocemente riscos geológicos dinâmicos, como deslizamentos de terra ou atividades de escavação (por equipamento ou mão) em qualquer lugar nas proximidades de um oleoduto e, em muitos casos, antes da operação de escavação dentro do direito de maneira.

 

O sistema RaySense pode ser empregado para detecção e localização precisa em tempo real de eventos perigosos nos oleodutos. A tecnologia RaySense principal atua como um microfone contínuo projetado para "monitorar" uma largura de banda de quase-DC a 500 kHz, com frequências muito distintas geradas por TPI e eventos de vazamento, enquanto discrimina entre condições normais e ambientais.
Além disso, com canais adicionais, o sistema RaySense fornece segurança de perímetro confiável para plantas de processamento, estações de distribuição ou intermediárias e locais de armazenamento.

Retorno do seu investimento

Utilizando cabo de fibra óptica, o sistema é a tecnologia mais competitiva economicamente disponível atualmente para longas distâncias. Exigir apenas uma única unidade de processamento de alarme (APU) para cobrir até 50 km / 31 milhas de tubulação, combinado com um cabo sensor de fibra óptica resistente, resulta na solução mais econômica para grandes perímetros.
Em algumas aplicações, o sistema RaySense pode utilizar o cabo de comunicação pré-existente para detecção.

Formulários:

  • Oleodutos
  • Linhas de produtos refinados - gasolina, combustível, produtos químicos
  • Gasodutos
  • Tubulações de água
  • Poder subterrâneo
    Ou qualquer pipeline que precise de proteção

Vantagens do sistema de sensor de fibra óptica RaySense

• A unidade de processamento (APU) de montagem em rack de 19 polegadas, 3RU, não precisa de sala com temperatura controlada, reduz custos e presença de componentes eletrônicos na sala de controle
• O hardware baseado em microprocessador programável dedicado e chips DSP garante desempenho rápido e estável
• A capacidade de monitoramento de precisão de maior alcance com uma única APU cobrindo perímetros de até 50 km / 31 milhas, reduzindo os requisitos de infraestrutura; controladores em cadeia fornecem alcance ilimitado
• Integra-se firmemente ao sistema de comando e controle RBtec Vidalert, permitindo monitoramento e controle remoto e centralizado de todo o sistema
• Capaz de identificar intrusões em todo o comprimento do perímetro até ± 10M / ± 30 pés com zonas ilimitadas
• Imune a interferências eletromagnéticas, raios e radiofrequência (EMI / RFI) garante operação confiável em ambientes desafiadores
• Nenhum requisito de energia / comunicação em campo reduz os custos de infraestrutura
• Auto-calibrado a cada hora; requer quase nenhuma manutenção e garante o tempo de atividade do sistema
• A interface TCP / IP permite comunicações não proprietárias usando equipamentos de rede prontamente disponíveis
• Baixo consumo de energia - produz calor nominal, eliminando a necessidade de racks com ar condicionado
• O firmware atualizável em campo garante que o software do equipamento possa ser atualizado com a versão mais recente no local, mesmo através de TCP / IP

Unidade de processamento de alarme (APU)
• Dimensões: 5,25 "x 16,5" x 22 "
• peso: 12kg
• Requisitos de energia: 80-100 W
• Número de canais: 1
• Alcance máximo de monitoramento: 50 km / 31 milhas
• Largura de banda de frequência: quase-DC a 500KHz
• Plataforma de hardware: chips FPGA e DSP reprogramáveis dedicados
• Entrada de programação: atualização de firmware via porta TCP / IP ou USB
• Saída de comunicações: XML via TCP / IP
• Calibração: automatizada

 

Cabo de fibra ótica
• Tipo de cabo do sensor: modo único, fornecendo sete níveis diferentes de sensibilidade física real do cabo, a fim de otimizar o desempenho do sistema para diferentes condições de terra e ambientais
• Mais sensível que o cabo tradicional, permitindo o uso de revestimentos e conduítes de proteção sem afetar a sensibilidade necessária
• O design robusto inclui proteção contra insetos e roedores
• Comprimento do cabo sensor por APU: MIN 500m MAX 50km
• Comprimento máximo passivo de entrada por APU: ilimitado ao comprimento máximo
• Número máximo de zonas: ilimitado, ajustável por software
• Configuração zonal ilimitada e flexível, permitindo flexibilidade na sensibilidade para todas as zonas
• Menor diâmetro do cabo e coletes de proteção robustos permitem flexibilidade e conveniência de instalação adicionais

pt_BRPortuguês do Brasil